Você está aqui: Entrada Prática & Tradição Meditação da Alimentação

Meditação da Alimentação

Este pedaço de pão é um embaixador do cosmos inteiro

Fazer uma refeição em conjunto é uma prática meditativa. Deveríamos tentar ofercer nossa presença a cada refeição. Enquanto servimos nossa comida podemos já iniciar nossa prática. Ao nos servir, percebemos que muitos elementos tais como chuva, brilho do sol, terra, ar e amor se juntaram para formar essa refeição maravilhosa. De fato, através dessa comida vemos que o universo inteiro está apoiando nossa existência.

 

Estamos conscientes de toda a sangha enquanto nos servimos e deveríamos pegar a quantidade de comida que seja suficiente para nós. Antes de comer, o sino será convidado por três vezes e poderemos desfrutar nossa inspiração e expiração enquanto praticamos as cinco contemplações.

 

1.Este alimento é presente de todo Universo, ele veio da terra, do céu, de numerosos seres vivos e de muito trabalho árduo.

2.Que possamos comê-lo em plena consciência e com gratidão a fim de sermos dignos de recebê-lo.

3.Que possamos reconhecer e transformar nossas formações mentais não saudáveis, principalmente nossa ganância, e aprendermos a comer com moderação.

4.Que possamos manter nossa compaixão viva através de uma alimentação que alivie o sofrimento dos seres vivos, preserve nosso planeta e reverta o processo de aquecimento global.

5.Aceitamos este alimento para que possamos nutrir e fortalecer nossa Sangha e cultivar nosso ideal de servir a todos os seres.

 

Deveríamos levar o tempo que for preciso para comer, mastigando pelo menos 30 vezes a cada vez que levarmos comida à boca, até que a comida se torne líquida. Isto ajuda o processo digestivo. Vamos desfrutar cada pequeno pedaço de comida e a presença dos irmãos de dharma ao nosso redor. Vamos nos estabelecer no momento presente, comendo de tal modo que solidez, alegria e paz sejam possíveis durante o tempo da refeição.

 

Ao nos alimentarmos em silêncio, a comida se torna real pela nossa plena atenção e estamos plenamente conscientes de sua nutrição. De modo a aprofundar nossa prática de alimentação consciente e apoiar a atmosfera pacífica, permanecemos sentados durante esse período de silêncio. Depois de vinte minutos de refeição em silêncio, dois sons do sino serão convidados. Podemos então iniciar uma conversa em plena consciência com nosso amigo ou nos levantarmos da mesa.

 

Depois de terminarmos nossa refeição, gastamos alguns minutos para notar que terminamos, nossa tigela agora está vazia e nossa fome satisfeita. A gratidão nos preenche enquanto percebemos o quanto somos afortunados por temos essa comida nutritiva para comer, apoiando-nos no caminho do amor e do entendimento.