Join our Mailing List
  E-mail address:
  • North America Vietnamese Wake Up Tour 2015

    Last year, seven Plum Village monastics successfully went on the road to reach Vietnamese youth in North America. They'd like to make this happen again in 2015.
    Please support the fundraising campaign here.

  • Upgrading the Mindfulness Bell Magazine

    Your support will help us to make sure the Mindfulness Bell is accessible to Sangha members around the world – online and in print – as a medium to sustain our community’s essence of brotherhood and sisterhood, and to nourish each other on the path of practice. Read more >>

Follow Us

 
Você está aqui: Entrada Prática & Tradição Tocando a Terra

Tocando a Terra

Em gratidão aos pais, professores, amigos e todos os seres, eu reverencio profundamente diante das Três Jóias nas dez direções.

A prática Tocando a Terra é retornar à Terra, às nossas raízes, aos nossos ancestrais e recohecer que não estamos sozinhos mas conectados a toda uma corrente de ancestrais de sangue e espirituais. Somos a sua continuação e com eles, continuaremos para as futuras gerações. Tocamos a Terra para deixar ir a idéia de que somos separados e para nos lembrar que somos a Terra e parte da Vida.

 

Quando tocamos a Terra, nos tornamos pequenos, com a humildade e a simplicidade de uma criança. Quando tocamos a Terra nos tornamos grandes, como uma árvore ancestral mandando suas raízes profundamente para a terra, bebendo na fonte de todas as águas. Quando tocamos a Terra, inspiramos toda força e estabilidade da Terra e expiramos nosso sofrimento - nossos sentimentos de raiva, ódio, medo, inadequação e frustração.

 

Nossas mãos se juntam para formar uma flor de lótus e gentilmente nos abaixamos ao solo de forma que nossos quatro membros e nossa testa estejam confortavelmente descansando no solo. Enquanto estamos Tocando a Terra, viramos nossas palmas das mãos para cima, mostrando nossa abertura às Três Jóias: o Buda, o Dharma e a Sangha. Depois de uma ou duas vezes praticando o Tocando a Terra (Três Toques ou Cinco Toques), poderemos já liberar muito do nosso sofrimento e sentimento de alienação e nos reconciliarmos com nossos ancestrais, parentes, filhos e amigos.